Assistindo ao jogo da Inglaterra contra o Uruguai, o meu amigo italiano Luca comentou sobre o zagueiro inglês Phil Jagielka: “Se você é italiano e comete um erro como esse, podemos tirar o seu passaporte e enviar você à Suíça”. Torcedores ingleses podem, muito bem, concordar, mas agora, enquanto as chances de sua equipe continuar no torneio estão por um fio, a admiração pela Azzurra – e, em particular, pelo jogador Pirlo – pode-se transformar em uma torcida de pleno direito. A pesquisa Mintel mostra que entre os que assistem à Copa do Mundo no Reino Unido, entre aqueles que torcem por um outro time, além da _ ou conjuntamente com a _ Inglaterra, cerca de 19% se simpatizam com a Itália. Como as chances da Inglaterra, para se classificar, estão diminuindo e dependendo de uma goleada da Itália sobre a Costa Rica e o Uruguai, esses números podem aumentar ainda mais.

Mesmo com a saída da Inglaterra do torneio, parece que as pessoas vão continuar assistindo aos jogos, pois este apoio a Itália faz parte de uma tendência mais ampla entre os torcedores ingleses, que tendem a apoiar várias equipes, muitas vezes na companhia de seus amigos de outros países. A Mintel tem várias evidências que sugerem que esta Copa do Mundo não terminará, no Reino Unido, com a saída da Inglaterra. E isso também vale para as oportunidades comerciais.

Antes da Copa do Mundo começar, a Mintel constatou que 13% dos torcedores ingleses estariam apoiando uma outra equipe, assim como a Inglaterra. A realidade veio à tona antes dos gols de Luis Suarez, com os apostadores considerando a Inglaterra por baixo, como apenas a terceira favorita do grupo. Mas enquanto provavelmente houve um elemento de torcedores ingleses declarando suas apostas em apoio à “segunda equipe”, esse comportamento também é bem-vindo, longe do ufanismo, revelando uma sociedade cosmopolita.

Chamar a copa de “festa mundial”  pode parecer uma conversa superficial de marketing, especialmente quando é manifestada pela FIFA, vista como uma grande máquina de dinheiro, mas a pesquisa Mintel mostra que a Copa do Mundo pode realmente unir as pessoas e promover o cruzamento cultural e comercial. Verificamos que 15% dos consumidores afirmam que irão assistir a jogos com outras nacionalidades, enquanto 17% disseram que gostam de experimentar comidas e bebidas diferentes, muitas vezes coincidindo com as equipes que estão assistindo.

O fato de que muitos consumidores planejam assistir aos jogos com outras nacionalidades nos lembra que o Reino Unido pode ser um lugar inclusivo, mesmo no futebol. Talvez, não seja surpreendente, considerando que a pesquisa da Mintel também mostrou que 50% dos consumidores do Reino Unido concordam com a afirmação de que “ser britânico, agora, tem haver a abraçar diferentes culturas, assim como conservar tradições locais”.

Voltando ao tema da “segunda equipe”, a Itália pode agora virar o favorito da nação, mas antes os olhos da Inglaterra foram para o Brasil, com 32% das pessoas que disseram que vão torcer por outro time, optando em apoiar a seleção brasileira. Quando se trata de oportunidades comerciais, parece que o apelo do Brasil permanecerá muito tempo depois que a Inglaterra sair da Copa do Mundo de 2014. Mais de um em cada 10 (13%) dos consumidores dizem que o torneio os fez interessados ​​em visitar o Brasil e 9% afirmam ter interesse em experimentar alimentos e ou bebidas do Brasil. A Copa do Mundo marca o início do período de três prolongados anos do Brasil no centro das atenções da mídia. E parece que essa marketing já está funcionando. Mesmo para os torcedores ingleses, parece que a Copa do Mundo vai continuar a ser algo que eles vão continuar a curtir.

Se você gostaria de saber o que essas tendências – e outras – significam para os seus negócios, por favor, contate Richard para discutir as nossas apresentações de tendências, projetos e serviços. Envie email para rcope@mintel.com ; Twitter: @richard_mintel

Inovação

Inovação não significa somente ser diferente ou novo. Significa criar novos produtos que os consumidores irão adorar, criando um caminho diferente que os consumidores seguirão.

Leia mais
© 2017 Mintel Group Ltd. | Política de privacidade | Termos | Uso de Cookies