Pesquisa recentemente feita pela Mintel no Brasil, presente no relatório Estilo de Vida dos Millennials, verificou que apesar desse grupo _ também chamado de geração Y _ representar os nascidos entre 1977 e 1994, e compartilhar supostas experiências de vida semelhantes, importantes diferenças marcam as preferências e hábitos dos mais maduros e jovens.

De acordo com os resultados obtidos, ações de marketing que ressaltem os benefícios de desfrutar a maturidade podem gerar bons resultados junto ao grupo de 30 a 37 anos, os chamados millennials maduros. Já os millennials jovens, que estão entre os 20 e 29 anos, podem ser alvo de campanhas que os levem à independência financeira.

Quase um terço dos millennials, 32%, declara que “para ter sucesso no trabalho, tem que ter paixão pelo que faz”. Essa afirmação é mais forte entre os maduros, 35%, quando comparada com o grupo mais jovem, 31%. Apesar da palavra “paixão” geralmente ser mais associada aos jovens, quando se trata da carreira profissional, são os millennials maduros que tendem a se deixar levar mais por isso (paixão, lado emocional). Tal comportamento provavelmente se deve à percepção de que podem “arriscar mais”, já que eles têm uma certa experiência adquirida que os assegura a fazer isso. Para os mais velhos, temas que relacionem ideias como “em busca de um sonho”, “pé na estrada” e “o prazer da jornada” podem ser eficientes.

Já campanhas que ajudam a instruir como lidar com questões ligadas ao campo financeiro podem atrair os millennials mais jovens pois quase 34% deles concordam com a frase: “Estou mais preocupado em ser financeiramente independente”. E entre os mais velhos essa afirmação representa a opinião de 26%. Dessa forma, bancos e seguradoras têm a oportunidade de oferecer, aos millennials jovens, educação financeira pela internet com sites e aplicativos que contenham ferramentas como calculadoras que ajudem a economizar e planejar as despesas e fóruns com blogs que permitam a interação e o aconselhamento com especialistas em finanças.

Esse é um passo inicial que permite um engajamento dos jovens com questões financeiras, podendo se tornar uma relação a longo prazo e possibilitando a oferta futura de outros serviços que envolvam planejamento, como seguro de vida.

millennials

Gerente de Pesquisa da Mintel no Brasil, Renata Pompa de Moura se juntou a empresa em 2009. Com mais de doze anos de experiência trabalhando em empresas de consultoria e pesquisa de mercado no Brasil, Estados Unidos e Chile, Renata possui um amplo conhecimento sobre o comportamento e tendências globais de consumo.

Estilos de Vida

O Mintel Tendências é um recurso de tendências de mercado que combina um entendimento aprofundado do consumidor com fortes aplicações comerciais globais.

Leia mais
© 2017 Mintel Group Ltd. | Política de privacidade | Termos | Uso de Cookies