Com sede em São Paulo, o restaurante Temaki Station começou a usar a tecnologia de chatbots por meio do Facebook Messenger em uma tentativa de engajar os consumidores em conversas divertidas. O chatbot pode fornecer preços e receber elogio, opinião, reclamação ou até pedir um “nude”, que é, na verdade, uma foto de um temaki de salmão sendo preparado na água.

Pagar, Comer, Amar

Tempos de dificuldade financeira estão fazendo com que os consumidores brasileiros reconsiderem os seus gastos e uma das áreas que tem sido mais impactada é o consumo de comida fora de casa. De acordo com o Relatório Mintel Estilo de Vida dos Brasileiros: Adaptando-se ao Novo Normal – Brasil – Junho 2016, mais de um quarto dos consumidores afirmam estar cozinhando cada vez mais em casa em vez de comer fora. Além disso, três em cada cinco brasileiros dizem que reduziriam suas visitas a restaurantes a fim de diminuir suas despesas gerais.

Chatbots e aplicativos de mensagens diretas permitem que as empresas do setor do serviço de alimentação impulsionem e agilizem as encomendas. Estes novos canais de comunicação permitem com que as pessoas não apenas façam seus pedidos, mas também efetuem o pagamento e pedidos de reserva de mesa. Com sede nos EUA, a Starbucks lançou um assistente virtual que permite com que os clientes possam fazer pedidos e efetuar o pagamento através de seus smartphones apenas com a voz, enquanto que no Reino Unido, a PizzaExpress permite com que as pessoas possam fazer reservas de mesa através de um chatbot do Facebook Messenger.

Empresas no Brasil estão começando a adotar estes novos canais para criar um vínculo maior com seus consumidores, apostando no imediatismo através do uso voz em aplicativos. Em breve poderemos ver marcas fazendo um maior uso destes aplicativos de mensagens, criando parcerias e permitindo com que os consumidores façam um pedido, paguem e também obtenham recomendações, exatamente como faz o chatbot do aplicativo de recomendação de uísques da Diageo e malts.com, o Whisky Matcher.

Graciana Méndez é a Analista de Tendências para a região Latino-Americana. Graciana trabalhou como uma trendspotter e escritora de conteúdo há mais de dez anos, em empresas como The Futures Company e JWT Intelligence. Tendo vivido na Argentina, México e Brasil, Graciana tem uma abordagem multicultural sobre percepções culturais, assim como tendências sociais e do consumidor.

Alimentos e Bebidas

Nossa rede internacional de pesquisadores de campo e analistas da categoria de alimentos trabalham conjuntamente combinando dados, conhecimento, previsão e inovação em ações de insights que possam ajudá-lo a alimentar as suas estratégias e processos de desenvolvimento

Leia mais
© 2017 Mintel Group Ltd. | Política de privacidade | Termos | Uso de Cookies