O mercado de água engarrafada tem crescido rapidamente nos últimos anos já que os brasileiros procuram adotar estilos de vida mais saudáveis, buscando, por exemplo, alternativas aos refrigerantes, que aliás estão se tornando parte de uma categoria estagnada. Entre 2010 e 2014, o mercado de refrigerantes chegou a declinar, com queda de 6% no consumo. Nesse mesmo período, o consumo de água engarrafada e sucos cresceu 35% e 45% respectivamente. Estima-se que em 2015, o mercado de água mineral tenha atingido o valor de R$ 8,7 bilhões em vendas no varejo, um crescimento em valor de 16% em relação ao ano anterior, de acordo com a plataforma Market Sizes, da Mintel.

Apesar desse crescimento, o GNPD, ferramenta da Mintel que monitora globalmente o lançamento de novos produtos, detecta que os lançamentos de água engarrafada foram responsáveis por apenas 6,3% de toda a categoria de bebidas não-alcoólicas lançada em 2015, o valor mais baixo dos últimos cinco anos. Embora a categoria tenha tido um forte desempenho em valor e volume nos últimos anos, isso não significa que seja inovadora em relação ao lançamento de produtos: 97% dos novos produtos lançados em 2015 foram sem sabor, aliás esse é um segmento quase intocado dentro da categoria.

Sede por inovação

Mesmo que seja um mercado em crescimento, as empresas podem tirar proveito dessa falta de inovação, incrementando ainda mais a categoria, seja rompendo com o estilo tradicional de embalagem, dominado por garrafas de plástico ou lançando produtos com novos sabores ou ingredientes. O recém-lançado relatório Mintel de Águas Engarrafadas revela que 20% dos consumidores brasileiros demonstram interesse em embalagem estilo maleável, liderando o ranking das inovações desejadas. Essas embalagens provavelmente são mais adequadas para serem transportadas nas bolsas e mensagens de marketing poderiam promover as suas características on-the-go. Já na outra ponta da lista, aparece a embalagem cartonada, um dos tipos menos desejados, já que somente 11% dos entrevistados da pesquisa da Mintel mostraram interesse nesse tipo de recipiente. Aliás, os jovens com idades entre 16 e 24 anos, mostraram o maior interesse nas embalagens cartonadas, 15%.

 

3641407-0_dcddb75469b 3574095-0_dcddb75469b
Oakley _ embalagem maleável Just Water _  embalagem cartonada

 

Aqui, desenhos vibrantes que chamam a atenção podem ajudar a inserir emoção a esse mercado e dar destaque significativo aos produtos. Mas é importante ter em mente que novos designs ainda precisam comunicar, acima de tudo, que a garrafa contém água, para evitar confusão com outros tipos de bebidas.

Adicionando energia e sabor ao mercado

De acordo com o mesmo relatório, existe um grande interesse em produtos com ingredientes energéticos, apresentado por 19% dos consumidores. Em seguida, aparecem os antioxidantes e produtos vegetais. De acordo com o relatório de Bebidas Energéticas e Esportivas, de 2014, da Mintel, 18% dos brasileiros disseram que não gostam do sabor de bebidas energéticas, deixando uma lacuna para o mercado de água engarrafada, que poderia aproveitar essa oportunidade, lançando águas com ingredientes energizantes e com sabores agradáveis.

Dessa forma, marcas de água engarrafada poderiam criar produtos com cafeína, vitaminas B, magnésio e guaraná. As empresas que utilizam esses ingredientes em outros mercados têm posicionado seus produtos como uma fonte natural de energia e cafeína, criando associações de construção de energia.

 

3672365-0_dcddb75469b 2985115-0_dcddb75469b
AquaHydrate _  água com mais eletrólitos Energy Water _ água com sabor de blueberry,açaí e romã

 

O consumo de água engarrafada com sabor ainda é baixo em comparação com os outros tipos de variedades. De acordo com a pesquisa da Mintel, 31% dos brasileiros consumiram água mineral natural saborizada nos seis meses anteriores a novembro de 2015, enquanto quase 9 em cada 10 beberam água em garrafa sem sabor, no mesmo período de tempo. Em relação aos sabores, 19% afirmaram preferir variedades de frutas. Adicionando sabores frutados pode ser uma maneira de atrair aqueles que querem perder peso, mas sem deixar de beber bebidas saborosas.

 

3769859-0_dcddb75469b 3725081-0_dcddb75469b
Água _ sabor maçã verde Água  Woolworths _ sabor limão

 

Embora preço seja um fator importante de compra para a maioria dos consumidores, embalagens que não agridem o meio ambiente, como reciclável, também é um fator importante de compra, afirmado por 23% dos brasileiros. Por sinal, os consumidores modernos estão aprendendo que ser verde pode ser bom não só para o planeta, mas para eles também. As empresas que procuram agradar a esses consumidores ambientalmente conscientes devem olhar para todo o ciclo de vida de seus produtos, desde os materiais utilizados na fabricação a como eles vão ser descartados posteriormente. As taxas de reciclagem ainda são baixas no Brasil, mas as empresas podem intervir e colaborar com o governo para fornecer mais estações de reciclagem.

Andre está na Mintel desde abril de 2014. Analista de pesquisa, faz parte da equipe de Mercados Emergentes, desenvolvendo relatórios e análises do mercado brasileiro. Antes de se juntar à Mintel, ele trabalhou para o IBOPE, empresa onde fazia pesquisa de mídia.

Alimentos e Bebidas

Nossa rede internacional de pesquisadores de campo e analistas da categoria de alimentos trabalham conjuntamente combinando dados, conhecimento, previsão e inovação em ações de insights que possam ajudá-lo a alimentar as suas estratégias e processos de desenvolvimento

Leia mais
© 2017 Mintel Group Ltd. | Política de privacidade | Termos | Uso de Cookies