O uso de sabor no queijo, que poderia promover mais motivos e maneiras para o seu consumo, é uma oportunidade inexplorada na América Latina. Quase oito em cada dez consumidores no Brasil, por exemplo, concordam que gostariam de experimentar mais queijos com diferentes sabores, como cranberry e ervas. No entanto, apesar do interesse, os lançamentos de produtos estão ficando atrás da demanda. Apenas 12% das introduções de queijo na América Latina entre janeiro de 2017 e abril de 2018 foram aromatizadas. Essa percentagem, quando comparada a 22% na Europa e 25% na América do Norte no mesmo período, sugere amplo espaço para inovação. A recompensa pela introdução de novos sabores poderia traduzir num impulso do consumo de queijo na América Latina, onde as taxas de crescimento são moderadas.

Combine a inovação do sabor com textura para um alcance mais amplo

Apesar do interesse em diferentes aromas – ou talvez devido às opções limitadas – o sabor atualmente está atrás da textura como um motivo de compra de queijo no Brasil. Um terço dos consumidores de queijos diz que uma textura macia é um fator influente na escolha de qual queijo comprar. Por comparação, o queijo aromatizado, por exemplo com alho ou ervas, influencia as decisões de compra de 17% dos brasileiros. Por sinal, os consumidores mais jovens parecem ser os mais interessados ​​no queijo aromatizado – como costumam fazer quando se trata de sabor em geral. Um em cada cinco compradores brasileiros de queijo com idade entre 16 e 34 anos cita o sabor como fator de compra.

Sabores dão aos consumidores mais confiança em cozinhar ou servir queijo

Embora os consumidores relatem usar queijos de várias maneiras, seu desejo por conselhos de como usá-los sugere falta de confiança ou conhecimento, dando chance aos fabricantes que criem sabores para finalidades ou harmonizações específicas.  Quase quatro em cada cinco consumidores no Brasil concordam que gostariam de ter mais informações sobre como usar diferentes tipos de queijo quando cozinham e 75% gostariam de mais conselhos sobre que tipo de queijo combina com diferentes alimentos ou bebidas.

Versões aromatizadas de queijos comumente usados – como muçarela – podem dar confiança aos consumidores para que cozinhem com queijo com mais frequência. Espetos de queijo para grelhar, por exemplo, são um item comum para churrascos e podem ser aprimorados com opções pré-temperadas ou com sabor.

A oportunidade

Os fabricantes de queijo têm oportunidades inexploradas na América Latina para lançar mais sabores diferenciados. O aroma pode ser adicionado a praticamente qualquer formato de queijo, mas as marcas podem aproveitar a fundo essa oportunidade usando sabores em conjunto com novos formas de servi-lo. Outra oportunidade é combinar sabores com conselhos que ajudariam os consumidores a usar queijo com mais confiança na cozinha ou quando recebem visitas.

Sarah é gerente de pesquisa da área de Alimentos e Bebidas da Mintel e especialista global em laticínios e bebidas. Ela está na Mintel desde 2009, depois de trabalhar para a imprensa de negócios.

Alimentos e Bebidas

Nossa rede internacional de pesquisadores de campo e analistas da categoria de alimentos trabalham conjuntamente combinando dados, conhecimento, previsão e inovação em ações de insights que possam ajudá-lo a alimentar as suas estratégias e processos de desenvolvimento

Leia mais
© 2018 Mintel Group Ltd. | Política de privacidade | Termos | Uso de Cookies