Depois de um crescimento moderado de 3% em 2011, a categoria colorações para cabelo (permanente, semi-permanente e produtos para reflexos/descoloração) atingiu o valor de R$ 1,7 bilhões em 2012, refletindo um crescimento de 7,1%, segundo dados do GMN (Global Market Navigator), da Mintel.

Por ser uma categoria diretamente ligada às tendências da moda, o segmento se beneficiou de produtos para reflexos e descolorantes (Highlighting/bleaching), o qual obteve o crescimento significante de 33% no último ano.  Vale lembrar que em 2012, o estilo ‘ombré’ – que consiste em clarear as pontas do fios de cabelos e também conhecido como ‘mechas californianas’ no Brasil   – estava em alta.

Em segundo lugar, ficou o segmento de coloração semi-permanente com um crescimento de 6.8% e por último,  as tinturas permanentes com 4.7%.

O gasto per capita da categoria no Brasil em 2012 foi de US$ 4,50, ficando um pouco atrás dos Estados Unidos, US$ 5,99, mas à frente do México que foi de US$ 3,70.

Com relação a participação de mercado das empresas, essa categoria ainda é dominada pelas multinacionais, que atualmente ocupam primeiro e segundo lugar em valor de vendas. Contudo as empresas nacionais também comecaram a se destacar aparecendo em terceira e quarta posição.

 

Beleza e Cuidados Pessoais

Nossa equipe de especialistas do mercado de beleza utiliza conhecimento, criatividade e insights para fazer diferença real no seu trabalho.

Leia mais
© 2017 Mintel Group Ltd. | Política de privacidade | Termos | Uso de Cookies