Com o lançamento das tendências de consumo Mintel para 2015 no Brasil, nós destacamos quatro dicas a partir das quais a indústria de alimentos e bebidas pode se beneficiar neste ano:

Transparência _ Os consumidores exigem mais compromisso e prestação de contas das corporações. Ao mesmo tempo, eles querem mais clareza das companhias e saber, por exemplo, dos ingredientes presentes em alimentos e bebidas. Eles necessitam ser ouvidos e a internet mudou paradigmas. O “cliqueativismo”, ou a mobilização virtual, por exemplo, oferece às pessoas a sensação de que elas têm a capacidade de transformar a realidade. Atualmente muitas empresas já estão focadas nesse assunto, como a marca de carne Friboi, que recentemente estreou uma série de anúncios garantindo seus altos padrões de qualidade e controle de higiene aos seus consumidores.

Prazer em poucas calorias _ Para os consumidores, hoje em dia, o bem-estar emocional está interligado com aspectos de uma boa saúde. As pessoas querem dividir momentos felizes em redes sociais, como mostrar a compra de um item de higiene pessoal que promete a melhora do humor. Em 2015, observaremos mais possibilidades para as marcas que se concentrarem em oferecer momentos de felicidade a quem as compra. Isso pode significar oportunidades para produtos que proporcionam um tratamento prazeroso, uma atmosfera jovial ou criam um clima relaxante. O lançamento da versão mini do sorvete Magnum, combinando prazer com baixa caloria, é um bom exemplo dessa tendência.

Tecnologia para vestir _ Ao mesmo tempo que acontece a expansão de novos aparelhos, como relógios inteligentes e fit trackers, a indústria de alimentos e bebidas fica mais sofisticada e tira proveito dessa tendência ao lançar produtos tecnológicos. Há dois bons exemplos brasileiros que seguem essa direção. A marca de sopas knorr lançou receitas pesonalizadas com códigos QR que vieram em luvas, aventais, toalhas e ímãs de geladeira. A marca de sucos Do Bem, por sua vez, criou a pulseira Do Bem, a qual mede movimentos do corpo, acompanha a quantidade de calorias queimadas, conta passos e avalia a qualidade do sono.

Incentivar os homens a irem à cozinha _ Conversação e polêmica a respeito dos papéis dos gêneros vão captar a atenção da sociedade neste ano. Com mais mulheres inseridas no mercado de trabalho, temos testemunhado as marcas exibirem as habilidades do homem perfeito, como limpar a casa e cozinhar. Como a Mintel já demonstrou, os homens podem ir muito além de fazer um churrasco, sendo capazes também de cozinhar pratos práticos. Para incentivar esse mercado, marcas de massas poderiam reforçar a imagem de produtos “convenientes” em suas campanhas de marketing, com o objetivo de incentivar o consumo entre os homens.

Alimentos e Bebidas

Nossa rede internacional de pesquisadores de campo e analistas da categoria de alimentos trabalham conjuntamente combinando dados, conhecimento, previsão e inovação em ações de insights que possam ajudá-lo a alimentar as suas estratégias e processos de desenvolvimento

Leia mais
© 2017 Mintel Group Ltd. | Política de privacidade | Termos | Uso de Cookies