A moda das barbas atingiu negativamente as vendas de aparelhos e lâminas para barbear. Mas ao mesmo tempo, abriu oportunidades para um setor relativamente novo no mercado de higiene masculina: produtos de cuidados com a barba.

Atualmente, ter pelos no rosto não é um sinal de desleixo, mas uma área para ser cuidada. No Reino Unido, 59% dos consumidores acham que ir ao local de trabalho com pelos no rosto não é algo “profissional” e 39% dos homens dizem que se sentem sob pressão para manter os pelos do rosto aparados. Enquanto isso, na América do Norte a história se repete. Nos Estados Unidos, 35% dos homens que se barbeiam dizem que é esperado que eles mantenham uma boa aparência.

E aí que entram esses novos cosméticos. Eles são um cruzamento interessante entre produtos de cuidados capilares e para a pele, devendo ser usados como parte de um programa multi passo, que vai manter a barba com uma boa aparência. Os novos óleos para a barba, por exemplo, aproveitam o fato não somente da familiaridade do público masculino com os óleos pra barbear, popularizados por marcas como a King of Shaves, mas também da nova geração de produtos para o rosto e cabelo que contém aromas complexos, assim como propriedades antienvelhecimento e condicionadoras.

A marca Tom Ford lançou um trio de óleos condicionadores que amaciam e nutrem a barba diariamente feito com extrato de jojoba, amêndoas e uva, assim como vitamina E. No entanto, os óleos também são posicionados no mercado como fragrâncias para o homem, uma vez que são perfumados com três fragrâncias exclusivas de Ford: tabaco baunilha, neroli portofino e madeira oud.

A marca britânica de luxo, Murdock, por sua vez, criou um programa de três etapas para se fazer barbas, baseado num processo clássico de cuidados com o cabelo. Beard Shampoo é um xampu criado para limpar e desobstruir a barba. Já o Beard Conditioner contém proteína de trigo hidrolisada para hidratar a pele e barba. E o Beard Oil, produzido com damasco, jojoba, óleos de girassol e argan marroquino, suaviza, amacia e fortalece os fios da barba. Aliás, o sabor desses produtos é importante _ mais que a fragrância _ e deve ser levado em consideração. Como Murdock diz, produtos para a barba geralmente deixam ‘gosto’ na boca e por isso eles precisam ser agradáveis.

Já a marca Men Rock adota uma posição semelhante à Murdock, com um programa de três etapas para a barba: xampu, bálsamo e óleo. O xampu limpa os resíduos de alimentação e pele morta, enquanto o bálsamo pode ser usado como um leave-in, ou seja, que dispensa o enxágue, amaciando e hidratando a pele. Já o óleo Alma Beard vem com variantes de três essências ou sem essência, funcionando como condicionador e fragrância.

Dos Estados Unidos, vem a Billy Jealousy, marca que traduz a tendência lumbersexual, na qual homens exibem camisas quadriculadas com uma barba extremamente bem cuidada. Novamente, a tendência é apresentar um processo de vários passos, começando por um sabonete que afirma limpar, amaciar e desembaraçar a barba, deixando-a suave e livre de frizz. O produto também promete fazer a barba brilhar.

O condicionador, por sua vez, pega dicas do mercado de modeladores para cabelo, prometendo “manter a barba deliciosamente leve para um look natural com apenas um pouquinho de definição”. No entanto, o site deixa claro que esses produtos são para homens, os quais são mostrados ao lado de produtos de cuidados com as tatuagens e itens de cuidados faciais com nomes másculos.

Claro, algumas pessoas vão ser céticas ao considerar se os homens estarão dispostos a adicionar esses passos em sua rotina diária. E há razão nesse ceticismo pois 84% dos homens, nos Estados Unidos, dizem que gostariam que sua rotina de preparação seja o mais simples possível. No entanto, também é verdade que 26% dos homens que têm preocupações com a aparência dizem que passaram mais tempo aparando pelos em 2014 do que em 2013, e 24% despenderam mais tempo com a pele do rosto. Como um encorajamento para a indústria, 22% passaram mais tempo pesquisando produtos para cuidados pessoais, enquanto na Europa, 24% dos italianos e 20% dos homens britânicos que cuidam de suas aparência estão interessados em novidades do mercado de artigos de higiene masculina.

Mas ainda há espaço para mais inovação. Como as indústrias de beleza, alimentos e bebidas estão cada vez mais interligadas, então que tal usar isso para um passo final no cuidado consigo mesmo? Beard Beer é feita nos EUA pela Rogue Ales, utilizando levedura retirada da barba de seu mestre cervejeiro.

Diretora das áreas de Insight Global e Inovação para as categorias de Beleza e Cuidados Pessoais, da Mintel, Vivienne Rud tem mais de 20 anos de experiência na indústria cosmética. Antes de fazer parte da equipe Mintel, Vivienne editava as publicações European Cosmetic News e Cosmetic International.

Beleza e Cuidados Pessoais

Nossa equipe de especialistas do mercado de beleza utiliza conhecimento, criatividade e insights para fazer diferença real no seu trabalho.

Leia mais
© 2017 Mintel Group Ltd. | Política de privacidade | Termos | Uso de Cookies